• Polícia do DF prende 9 membros de grupo especializado em roubos, sendo 8 de Cidade Ocidental.


Moradores de GO, eles agiam em São Sebastião, Santa Maria e no Entorno. Investigação começou em março, mas foi interrompida por greve de policiais.


A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu entre sexta (25) e segunda-feira (28) nove pessoas suspeitas de integrar um grupo criminoso que roubava casas, comércios e carros em São Sebastião, Santa Maria e na Cidade Ocidental, no Entorno, onde eles moravam.
Segundo o delegado-adjunto da 30ª DP, André Luis da Costa e Leite, o grupo era investigado desde março. As prisões já deveriam ter sido efetuadas, mas a operação ficou paralisada por conta da greve dos policiais civis, encerrada na última terça-feira (22).
O delegado diz que a investigação teve início a partir de um roubo a carro em São Sebastião. “Acreditávamos que se tratava de um roubo comum, mas diante da similitude da maneira de agir, identificamos mais um roubo aqui em São Sebastião, passando a identificar os integrantes gradativamente.”
A partir da investigação, a Polícia Civil conseguiu identificar como os suspeitos agiam. Cada um dos envolvidos cumpria uma papel específico dentro da organização: roubo, venda, adulteração, receptação dos veículos e até fornecimento de armas para o grupo.
Cheques, dinheiro, balança de precisão e outros objetos apreendidos com grupo suspeito de roubos (Foto: Isabella Formiga/G1)Cheques, dinheiro, balança de precisão e outros
objetos apreendidos com suspeitos de roubos
(Foto: Isabella Formiga/G1)
A suspeita é que eles tenham cometido cinco assaltos desde março. “Os roubos de veículos eram praticados, via de regra, quando as vítimas deixavam suas residências. Esses veículos eram subtraidos, levados para a oficina mecânica de um dos cidadãos, que foi preso hoje. Eles eram adulterados e muitas vezes trocavam as rodas.”

Um dos roubos ocorreu em agosto, em Santa Maria, em uma loja de conveniência de um posto de gasolina (veja o vídeo). As imagens mostram cinco homens chegando em um carro.
O motorista permanece no veículo, enquanto dois deles descem e a anunciam o assalto ao frentista. Outros dois descem do carro para roubar a loja. Durante a ação, o homem ameaça atirar no frentista, que em seguida deita de barriga para o chão. Nessa ocasião, além de dinheiro, os suspeitos levaram celulares das vítimas e um tablet.

Embora estivessem armados durante os roubos, a polícia diz que ninguém se feriu durante as ações. “Durante as investigações descobrimos que um dos integrantes do grupo mostrou ser bastante frio. Ele é suspeito de ter praticado pelo menos três homicídios na Cidade Ocidental”, diz. “É um sujeito muito frio, além de ladrão costumava ser impiedoso com os rivais.”

“Descobrimos uma rede criminosa que inicialmente roubava veículos, passava para receptadores, trocava alguns deles por drogas, e a quadrilha foi se ramificando, principalmente na Cidade Ocidental”, diz o delegado.

A polícia tem registro de três roubos em Santa Maria e dois em São Sebastião. Dois adolescentes foram apreendidos e dois dos suspeitos investigados pela corporação foram detidos pela Polícia Militar durante um roubo a supermercado.
“No dia do supermercado, esbarram com uma viatura da PM e quatro deles foram presos, sendo que dois adolescentes”, disse o delegado. “Todos eram investigados por fazerem parte da mesma associação.”

“As investigações tiveram que ser interrompidas em face da greve [..], mas nada que prejudicasse o êxito da delegacia e da Polícia Civil. Conseguimos prender todos os dez integrantes e conseguimos concluir com êxito o trabalho.”

Os suspeitos vão responder por roubo, associação criminosa e corrupção de menores e podem pegar até dez anos de prisão. Entre os detidos está a mulher de um dos suspeitos. Ela é apontada como a responsável por vender os celulares roubados.
Fonte: G1 


Compartilhe no Google Plus

entornoalerta

É de responsabilidade total das fontes o contéudo de toda e qualquer matéria anexada a este site. Matérias serão previamente identificadas aos créditos.
    Comentar no Blogger
    Comentar no Facebook

0 comentários :