• Polícia desarma bomba dentro do Ciops do Jardim Ingá.


Como se bastasse os altíssimos índices de criminalidade em que a população do Jardim Ingá está acostumada a conviver, agora parece que novas modalidades de aterrorizar os cidadãos do distrito estão sendo criadas pela bandidagem local.

Desta vez não foi assalto, furto e nem assassinato. Uma bomba deixada dentro do Ciops da rua Dona Guiomar Ribeiro, no centro do Jardim Ingá, inaugura uma nova face da criminalidade no entorno. Segundo informações preliminares, os explosivos são os mesmos usados para explodir caixas eletrônicos e foi necessário a vinda do esquadrão anti-bomba de Goiânia para detonar os artefatos. "Escutamos 4 explosões e eles (polícia) estavam vestidos com aquelas roupas usadas para detonar bombas." Afirmou Luiz Eduardo, comerciante próximo do Ciops. "Estamos trabalhando com medo todos os dias. A prefeitura não faz nada, não leva esse problema da criminalidade para o governo do estado e nós ficamos a mercê da bandidagem". Afirmou outro comerciante que não quis se identificar. 

O pior de tudo isso é saber que a própria polícia foi o alvo dos bandidos. Se nem eles tem segurança, imagina o cidadão comum. Enquanto isso nossos governantes ficam só no discurso e nada de concreto para minimizar o problema da criminalidade no entorno.

Fonte: LuziâniaNaRede

Compartilhe no Google Plus

entornoalerta

É de responsabilidade total das fontes o contéudo de toda e qualquer matéria anexada a este site. Matérias serão previamente identificadas aos créditos.
    Comentar no Blogger
    Comentar no Facebook

0 comentários :