• Caixões usados são encontrados em terreno baldio em Cidade Ocidental



Caixões usados foram encontrados com vestígios de material humano em zona rural em Cidade Ocidental - GO. 
Caso macabro que intrigou até o Delegado da Polícia Civil será investigado nos próximos dias. 

Hoje (14), por volta das 9:30 da manhã, nos chegou uma denúncia via redes sociais que supostamente haveriam vários caixões "desovados" na beira da estrada na zona rural do município depois do Cemitério Municipal, a 5 minutos do aterro sanitário.
Ao chegar no local nos deparamos com essa cena (vídeo) macabra e com um cheiro que incomodava bastante, um caixão com forros aparentemente com padrões femininos com sangue na parte da cabeça, um outro caixão com muito sangue em seu interior revestido de zinco( usado para lacrar em enterros sem abertura ) e um pouco mais a dentro do mato um outro caixão branco de criança.
Perplexos com a cena(vídeo) ligamos para o Delegado responsável do município Rafael Camargo e foi iniciado assim iniciado as primeiras investigações no local, em conversa o Delegado nos narrou que podem ser inúmeras as circunstâncias do ocorrido, entre elas a possibilidade dos objetos terem vindo de outro município e sido "desovados" no local, que é por sua vez pouco explorado por transeuntes, mas que não descarta qualquer possibilidade.
Entramos em contato com Júnior, responsável por uma das funerárias da Cidade e o mesmo afirma que não reconhecem os objetos e que o processo de descarte desse material feito pela empresa é via incineração total.
Entre tantas perguntas sem respostas como por exemplo: Como foram parar lá?, quem deixou? O porque deixou só os caixões lá entre outras, tem uma que certamente é a pergunta principal que muito será feita nesses dias, CADÊ OS CORPOS QUE ESTAVAM LÁ!?.

Compartilhe no Google Plus

entornoalerta

É de responsabilidade total das fontes o contéudo de toda e qualquer matéria anexada a este site. Matérias serão previamente identificadas aos créditos.
    Comentar no Blogger
    Comentar no Facebook

0 comentários :